segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

ASSEMBLÉIA NA CARPINTARIA


Contam que na carpintaria houve uma vez uma estranha assembléia.
Foi uma reunião de ferramentas para acertar suas diferenças.
Um martelo exerceu a presidência, mas os participantes lhe
notificaram que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado barulho; e
além do mais, passava todo o tempo golpeando.
O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o
parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo.
Diante do ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a
expulsão da lixa.
Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais,
entrando sempre em atritos.
A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro que
sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora o único
perfeito.
Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e iniciou o
seu trabalho. Utilizou o martelo, a lixa, o metro e o parafuso.
Finalmente, a rústica madeira se converteu num fino móvel.
Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembléia reativou a
discussão.
Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:
"Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro
trabalha com nossas qualidades, com nossos pontos valiosos. Assim,
não pensemos em nossos pontos fracos, e concentremo-nos em nossos
pontos fortes."
A assembléia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e
dava força, a lixa era especial para limar e afinar asperezas, e o metro
era preciso e exato.
Sentiram-se então como uma equipe capaz de produzir móveis de
qualidade.
Sentiram alegria pela oportunidade de trabalhar juntos.
Ocorre o mesmo com os seres humanos. Basta observar e comprovar.
Quando uma pessoa busca defeitos em outra, a situação torna-se
tensa e negativa; ao contrário, quando se busca com sinceridade os pontos
fortes dos outros, florescem as melhores conquistas humanas.
É fácil encontrar defeitos, qualquer um pode fazê-lo.
Mas encontrar qualidades... isto é para os sábios!!!!


prrodolfosilva.blogspot.com


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Devocional Provérbios 3/Jan


Texto base: Provérbios 3.5-6

*Saudação em Cristo.*
Hoje 3° dia desse novo ano. Continuo a leitura de provérbios. Destaco os versículos 5 e 6

As palavras “confia no Senhor” ecoam a ordem de Deuteronômio 6.5 para amar Deus com todo o nosso ser. O verbo “confiar” é  complementado pelo verbo “estribar-se” (“sustentar-se”). Confiar em Deus é  depender conscientemente Dele, da mesma forma que e preciso apoiar os pés no estribo para não perder o equilíbrio ao andar a cavalo. A ideia e reforçada com a exortação para reconhecê-lo em todos os teus caminhos, o que significa observá-lo e conhecê-lo enquanto se vive. Ao fazê-lo, a pessoa percebera que, cada vez mais, Deus facilita os seus caminhos

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Devocional 2 Janeiro 2017

*Devocional do dia 02 de Janeiro de 2017*
prrodolfosilva.blogspot.com

*Provérbios  2.6*
Porque o Senhor dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento.

Saudação em Cristo Jesus a todos. Estamos no segundo dia do ano. Hoje minha leitura foi no capítulo 2 do livro de provérbios.

Este capítulo descreve os frutos produzidos pela *busca da sabedoria*.

Ressalto o verso 6 que nos mostra de onde é  a fonte da verdadeira sabedoria  *(Deus)*.

Essa sabedoria deve ser internalizada para que possa ser praticada.

Assim; se tem condições de escolher a vereda da justiça e rejeitar os caminhos tortuosos.